terça-feira, 16 de setembro de 2008

Da Sexta da Bebida e do sexo grupal na rua..


Certas lembranças me deixam físicamente mal, me causam náuseas - não sei explicar. Acho que tinha 16 anos quando eu frequentava a infâme Sexta Extra - vulgarmente conhecida como Sexta da Bebida. Não preciso - acredito eu - explicar que era um monte de adolescentes/adultos lotando uma 'avenida' com som alto, todo o tipo de gente se misturava.. emos, wannabes, punks, góticos, gays, lésbicas, junkies.
Me lembro que naquela noite eu estava numa escada de metal - já na rua - quando um grande amigo, com quem eu trocava algumas palvras em alemão, me ofereceu 5 cápsulas de anfetamina que eu tomei logo de cara com a ajuda de uma garrafa de Catuaba.
Logo em seguida só consigo me lembrar de estar cheirando cola em um terreno baldio e de sair correndo de uma viatura da polícia.
De modo geral muita coisa acontecia naquelas noites de sexta-feira. Na grande maioria era muita droga consumida (maconha, cocaína, cola, anfetamina, lança..) e muito álcool.. geralmente era tudo em uma noite, e tudo ao mesmo tempo.
Mas o que realmente marcou foi o sexo de madrugada, deitado no meio da rua. Me lembro de ter chupado duas amigas minhas com a ajuda da namorada de uma dela. Meu cinto virou chicote, e no meio da noite o cheiro das pernas foi a única coisa que eu dava atenção. Meu amigo encostado na parede olhava sem piscar para nossos corpos sujos na rua, se tocando.
Naquela época minhas noites eram bastante parecidas. Me machuquei muito, mas experimentei todas as sensações e pessoas. O que carrego daquela época é um vazio e muitas lágrimas, mas faria pior se precisasse repetir.

15 comentários:

Carlos Eduardo disse...

Peço desculpas mas não tive de revisar o texto, postei cru e nú mesmo.

[ joe ] disse...

Mais uma aventura desvairada, e com um desfecho curioso. Fiquei tentando imaginar esse lugar, com todos esses tipos de pessoas...
Você estuda o que? Você estuda?

thiago leão disse...

cuidado com cintos e catuabas...
leia-me sempre que puder e quiser!

Bruno D'Ugo disse...

Era tudo como se fosse a primeira vez; pisar no palco.
Um show, um andrógeno, Sirius nascia naquele momento.
Sem a sensação de medo me envolvi e realmente não lembro de nada.
A o som de Operate - Peaches, rebolei de tapa sexo na frente de pessoas que amo, e outras que não fazem parte da minha vida. Dizem que foi bom, se foi não sei. Quanto a segunda vez foi uma merda. E a terceira está por vir. Dia 10/09 Sirius mais uma vez naquele palco mediocre de uma boate na qual com um S complementarm um nome sem criatividade.

[ joe ] disse...

Boa tarde, Seu Puto. Pois então, a atuação da J-Lo nunca foi nada assim que se pudesse pôr-se de pé e aplaudir, né... mas gosto dela no filme. O aspecto visual do filme é absurdo, e esse novo, The Fall, parece que pode ser tão bom ou melhor que A Cela.
Daí que alemão, meu, tá na minha lista de "línguas a aprender [um dia]". Depois de francês e japonês. Também adoro inteligência, me encanto por apreciar a inteligência alheia. Adoro textos bem escritos. E então, já viu, volto aqui pra te ler.
Falando diretamente com a pessoa puta em ti, dá uma olhadinha nesse post: http://dearbenin.blogspot.com/2008/09/depois-do-stress-e-do-cansao-causados.html
Tããão gostoso.
Nos vemos. Boa semana.

[j]

Vinicius Lacerda disse...

sexta, alcool, drogas e pessoas...
depois de tudo isto, o que é ser puto?

Cleiton disse...

cara.. perfeito o texto!

Parece muito com diario de um adolecente.

mas tu ta certo... somos um emaranhado de coisas e situações que vivemosno passado... se não tivessemos vivido não seriamos quem somos hoje!

muito bom o texto e vou dar uma lida no resto do blog..


Parabens!

http://gregoryzairuz.blogspot.com/

Pedro Junior disse...

olá é a primeira vez q passo por aqui e achei o blog bacana... mt bom texto

pink disse...

'-' =]

legal

http://sxgamex.blogspot.com/

Wyller Cerutti disse...

Menino, que loucura!

kkkkkkkk

amei a narrativa, e o texto está explendido!

abraços.

bob.loco Ah ViDa Eh lOcA mAnO!!! disse...

shauashuash show
sexo no meio da rua deve ser muita loucura

abraços

rosangela disse...

as vezes nos arrependemos de coisas que fizemos em determinado momento .. mas acredito que era pra acontecer .. a experiencia vale .. pra outras ocasiões se repetirem ( se gostou) ou pra não fazer mais (claro, se não gostou).. tem pessoas que fala eu não faria d novo .. ahhhh faria sim .. pois era o momento que precisava passar por tal situação ..

Agora .. caraca não apareceu niguém??
Na rua rolando, praticamente. uma cena de filme porno?? rsrsrs

Bjs ..

Karla Hack disse...

E são estas loucuras, estes momentos infames que nos moldam...
O rotmo do texto prende e o final ficou mtoo bom..
Gostei muito do que disse sobre cometer as mesmas insanidades... prova que apesar de tudo está confortável com sua própria pele.. o que julgo sábio!

;D

bjus

Arthur \ ZaF / disse...

paoskaks

o texto foi legal, drogas e sexo num misto, não que eu apoie, mas penso que todos devem (se quiserem e considerarem certo) esperimentar todas as sensações que a vida proporciona...

existem formas diferentes para isso, mas se vc descobriu através do sexo, que seja, ele é só um caminho...

abrax

The Last Loser disse...

bons tempos...comecei a curtir a sexta acho que no fim do pão ed açucar por curiosidade e por ser muito newbie no assunto..fui uma vez , depois na construção acho que umas 3 veses só... depois do extra em si não parei mais ...
nem tem comparação de como a sexta ta hoje em dia .. da raiva sou o primeiro a chegar .. o ultimo a sair .. nostalgia ao extremo eu acho..
bom texto cara ..acho que cada um teve seu alge naquele puteiro a ceu aberto .. o meu foi quando migramos pra debaixo da ponte no parque .. BONS TEMPOS MSM .